Cobrança automática de clientes: entenda o que é a melhor forma de fazer

Cobrar um cliente não é uma tarefa fácil. Infelizmente, o Brasil ainda conta com muitos cidadãos considerados inadimplentes em relação a um serviço ou produto adquirido. Uma das soluções mais eficientes para que as empresas possam combater essa situação é realizar a cobrança automática de clientes.

Independentemente do motivo da inadimplência — dificuldades financeiras, desorganização ou até o esquecimento de realizar o pagamento —, é preciso que o negócio tenha um plano de ação para prevenir e cobrar o cliente em relação ao que é devido.

Sabemos que situações como essas são delicadas. Há todo um relacionamento que foi construído, e a ideia é que ele não seja afetado por uma cobrança. Tendo em vista esse cenário, criamos este conteúdo exclusivo para você entender um pouco mais sobre a cobrança automática de clientes.

Ficou interessado em saber mais? Então, continue acompanhando a leitura conosco!

O que é a cobrança automática de clientes?

Quando falamos em realizar a cobrança automática de clientes, estamos nos referindo às cobranças recorrentes que podem ser feitas de forma automatizada.

Trata-se de um conjunto de ações concretas em resposta ao atraso do pagamento, elaborado pela empresa para que o cliente possa deixar de ser inadimplente.

Na prática, essas ações correspondem às cobranças feitas por telefone, mensagens de texto (SMS) ou e-mail, e que são recorrentes quando o cliente não realiza algum pagamento no seu prazo estabelecido.

Elas são chamadas de recorrentes, pois, em um primeiro contato de cobrança, é necessário que o cliente informe uma data de previsão para quitar essa inadimplência. Caso isso não aconteça, outra ação de cobrança é tomada pela empresa e assim por diante, até que o pagamento seja realizado.

Pode até parecer uma simples atividade operacional, mas isso gera uma sensação de urgência no cliente, que logo entenderá que a empresa ainda sabe que ele está inadimplente. Perceba que isso se trata de um fluxo de cobrança recorrente, que só acabará quando o objetivo for atingido: a realização do pagamento.

Como realizar a cobrança automática de clientes?

Agora que você já sabe o que é a cobrança automática de clientes, preparamos algumas dicas para que você possa realizar essa ação da melhor maneira possível. Confira:

1. Faça um trabalho preventivo

Antes de partir para a cobrança em si, é possível evitar o gasto de energia e o desgaste da relação com o cliente apenas com um trabalho preventivo. Estamos falando de enviar lembretes relacionados aos pagamentos que precisarão ser feitos em breve.

O fato é que muitos clientes acabam se esquecendo de realizar o pagamento por pura desorganização ou falta de atenção. Dessa forma, um simples lembrete poderá ajudá-lo a não ficar inadimplente e a evitar o trabalho de cobrança por parte da empresa.

Como o cliente ainda não é um inadimplente, o melhor a se fazer é enviar apenas um e-mail ou uma mensagem por SMS, não sendo necessário recorrer, ainda, às ligações telefônicas.

Como não existe uma definição ideal do melhor tempo de antecedência para realizar esse lembrete, é preciso testar essas ações de diversas maneiras até encontrar a melhor solução: a que se encaixe melhor com o seu perfil de cliente.

2. Realize um primeiro contato impessoal

Seguindo a linha da abordagem do ponto anterior, caso os lembretes não funcionem, sugerimos que o primeiro contato também seja impessoal: de forma mais leve e utilizando, de preferência, o e-mail ou o SMS. Dessa forma, evita-se que o cliente fique constrangido nessa ação.

Afinal de contas, como levantado anteriormente, sabemos que boa parte dos consumidores acaba atrasando o pagamento por esquecimento, então, é muito melhor mostrar que você está querendo ajudá-lo a cumprir uma de suas obrigações.

Em muitos casos, resolve-se a inadimplência apenas com essa simples ação, obtendo uma resposta por e-mail solicitando o envio de um novo um boleto com uma nova data de vencimento.

3. Procure estar sempre a par da situação de cada cliente

Caso os lembretes impessoais de pagamento não funcionem, chega o momento de precisar colocar a mão no telefone e conversar com o cliente por voz para entender o que aconteceu. Para que isso seja feito da melhor forma possível, é preciso estar a par da sua situação.

Isso porque, se o cliente notar que a empresa está cobrando somente por cobrar, sem entender o seu histórico de uso do serviço ou os motivos para existir essa pendência, é possível que ele se sinta constrangido.

Ele pode, ainda, obter uma visão errada do negócio — algo que pode prejudicar o relacionamento e a possibilidade dele quitar essas pendências de forma amigável.

O indicado, então, é entender o histórico do cliente, bem como consultar os colaboradores que fazem o seu atendimento para entender o melhor tipo de abordagem em cada situação.

4. Ofereça descontos

Oferecer descontos que estejam dentro dos limites aceitos pela empresa pode ser uma boa estratégia. Contudo, fique atento, já que o desconto deverá ser utilizado somente em último caso e para ajudar os clientes que realmente precisam. A ideia aqui é facilitar o encerramento dessa situação embaraçosa.

Tenha em mente que esse recurso não deverá ser oferecido a todo momento, pois, dessa forma, existe a possibilidade de que a empresa vire refém do próprio cliente. É muito comum surgirem situações em que há o atraso proposital do pagamento, tendo em vista que um desconto será concedido no final.

Mostre para o cliente que isso será feito apenas como uma gentileza e que dificilmente esse benefício acontecerá novamente. Caso contrário, cria-se um vício maléfico em relação ao pedido de desconto.

5. Conte com um call center ou empresa especializada

Por fim, nossa última dica é referente à possibilidade de terceirizar o serviço de cobrança para um call center ou empresa especializada. Dessa forma, você e a sua equipe serão aliviados dessa tarefa — que muitas vezes pode ser um tanto quanto estressante —, delegando-a para pessoas que sabem o que estão fazendo.

Ou seja, além de tirar um trabalho totalmente operacional da sua empresa, é possível contar com uma maior eficiência no que diz respeito à redução da inadimplência, visto que o processo de cobrança automática de clientes desses profissionais é algo 100% automatizado e com rotinas bem definidas.

A ideia é que essas dicas ajudem você a começar um processo de cobrança automática de clientes agora mesmo, adaptando tudo isso para a sua realidade e identificando em quais pontos implantar melhorias.

Tem mais alguma dica referente à cobrança automática de clientes? Então, deixe-a nos comentários abaixo!

 

Gostou do post? Viu como essas informações podem ajudá-lo a ampliar seus conhecimentos de gestão para sua empresa? Então, aproveite para assinar nossa newsletter e não perca nenhuma novidade do blog!

Um comentário em “Cobrança automática de clientes: entenda o que é a melhor forma de fazer

  1. Pingback: Fluxo de cobrança recorrente: o que é e quais as vantagens? - Nosso Crediário - Crediário Próprio Profissional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *