Crediário próprio em lojas: por que devo ter na minha?

A recessão na economia brasileira atingiu todos os setores da sociedade, inclusive o varejo. Essa realidade política e econômica, marcada por instabilidade, interfere no rendimento e nos processos de venda dos comércios de grande e pequeno porte. Para enfrentar essa dificuldade, muitos empreendedores têm optado por implementar o sistema de crediário próprio em lojas, como tática de atrair e fidelizar clientes.

Essa estratégia tem sido importante para aquecer o mercado de vendas, na medida em que confere diversas vantagens para os comércios e para os consumidores. Parcelamento de pagamentos por longos prazos, redução de juros em comparação a outros mecanismos de crédito e vínculo financeiro que fomenta a fidelização na clientela são alguns dos benefícios que tornam o consumo mais acessível e frequente.

Neste post, explicamos como a escolha do crediário próprio em lojas pode ser um fator crucial para alavancar seus negócios. Elencamos, ainda, cinco benefícios que o sistema de concessão de crédito trará ao seu comércio, a saber: atração de novos clientes, fidelização, redução do risco de inadimplência, fortalecimento na relação com o consumidor e aumento do ticket médio.

Ficou interessado? Fique conosco, acompanhe os tópicos abaixo e tenha uma excelente leitura!

O que é crediário próprio em lojas?

Antes de conhecermos seus benefícios para o lojista, é importante entendermos sinteticamente o que é crediário próprio em lojas. Também precisamos conhecer suas características mais destacadas para o mercado varejista, sobretudo para os pequenos negócios.

Crediário próprio é um sistema de concessão de crédito ao cliente viabilizado pelos recursos de sua própria loja e não por intermédio de instituições financeiras. Esse fator diminui exponencialmente a taxa de juros e o valor da compra parcelada.

Ele consiste, portanto, em uma estratégia criativa, que rende bons resultados ao comércio por ampliar e facilitar o pagamento para os consumidores. O crediário próprio também aquece as vendas a partir de ações estratégicas que visam à atração, negociação e fidelização.

Exemplos de sucesso

Melhor do que ficarmos gastando palavras para explicar o que é crediário próprio em lojas, é mostrarmos exemplos de sucesso. Um deles é o modelo adotado por grandes redes de varejo, como as Casas Bahia e Magazine Luiza.

Estamos falando do carnê de pagamento, que corresponde ao parcelamento de determinada compra por um período prolongado ou não. Essa forma de fazer comércio é um diferencial de ambas as lojas em relação aos concorrentes.

Imagine como suas vendas despencariam se as referidas redes varejistas deixassem de trabalhar com o carnê ou boleto, não é mesmo? Um levantamento realizado pelo SPC Brasil e CNDL confirma esse pressuposto, inclusive, indicando que três em cada dez brasileiros utilizam crediário para fazer compras.

Quais são as vantagens do crediário próprio em lojas?

Como já dissemos, o crediário próprio em lojas rende diversos benefícios tanto para os lojistas quanto para os clientes. Vejamos, abaixo, seis dessas principais vantagens para entender por que vale a pena implementar essa estratégia:

1.Atrai novos clientes

A ampliação das possibilidades de compra que o crediário próprio oferece talvez seja a vantagem mais evidente, pois tem a capacidade de atrair novos clientes. Em momentos de crise econômica, as pessoas procuram opções mais viáveis para efetuar suas compras.

Nesse sentido, o sistema de crediário é a alternativa ideal. Isso porque o valor da parcela por meio desse modelo atribui menos juros ao pagamento, principalmente em comparação ao cartão de crédito, cuja tributação é bastante elevada e encarece a transação.

2.Fideliza consumidores

Além de atrair novos clientes por preços acessíveis e parcelas mais longas, o crediário próprio em lojas fortalece a fidelização de consumidores, na medida em que promove aproximação.

Esse fator ocorre muito em função da necessidade de o cliente ter que ir todos os meses à loja pagar o carnê. Assim, fica mensalmente em contato com os funcionários e exposto ao apelo de outros produtos que podem interessá-lo.

Fora a percepção de poder comprar uma mercadoria que deseja e precisa, de um modo que não é possível em outras lojas. Portanto, ampliar as formas de compra com o crediário próprio é uma maneira de fidelizar clientes e aumentar o fluxo de vendas.

3.Possibilita a redução do risco de inadimplência com análise de crédito

A inadimplência é uma realidade no mercado comercial e dificilmente cessará, principalmente quando se fala de compra a prazo. Isso significa que trabalhar com o crediário próprio em lojas é assumir um risco. Mas não se assuste, existem práticas de diminuir o incidente.

Uma das mais recomendadas e utilizadas pela maior parte dos lojistas é a análise de crédito. Seu objetivo é avaliar rigorosamente o perfil e a capacidade de compra do cliente que solicita o financiamento. Dessa forma, é possível mensurar os riscos a partir de critérios e indicadores específicos.

Outra estratégia é manter um relacionamento sólido com o cliente por meio da comunicação. Lembretes a respeito de pagamentos, ofertas de negociação e mensagens alertando para os prejuízos da inadimplência são algumas boas práticas, além da cobrança sem constrangimentos.

4.Apresenta menos juros que outros sistemas de crédito

Diversas pesquisas mostram que o cartão de crédito é a principal forma de realizar compras no Brasil. Seu principal problema, no entanto, são os juros abusivos, calculados em mais de 400% ao ano, sendo que a taxa básica (Selic) se encontra na margem de 6,50%.

O crediário tem sido a alternativa mais procurada pelo consumidor justamente por atribuir menos juros ao valor das parcelas. Isso é possível porque o crédito próprio requer menos custos da loja.

Quando o crediário é terceirizado a outra instituição, porém, a tendência é que a tributação seja maior. O mais indicado é contratar uma empresa especializada para administrar o sistema de crediário do comércio.

5.Aumenta o ticket médio da loja

Por fim, citamos o aumento do ticket médio da loja, objetivo maior de qualquer empreendedor. Essa elevação é possível a partir da expansão de clientes e das compras mais volumosas, ou seja, aquelas com maior valor.

Todas as vantagens apresentadas até aqui, portanto, levam ao crescimento das transações, do fluxo de caixa e da rentabilidade da loja.

Contar com crediário próprio em lojas permite a ampliação das possibilidades de compra e é um risco que vale a pena ser assumido para atrair, conquistar e fidelizar clientes.

Para reduzir os riscos de inadimplência, otimizar os processos de cobrança, análise de crédito e manter o serviço eficiente é imprescindível profissionalizar a gestão e ter visão estratégica.

Se você está interessado implementar o crediário próprio em sua loja e contar com esse suporte de serviços, entre em contato conosco e conheça nossas condições!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *